A competência legal para o estabelecimento de valores relativos ao piso salarial e ao valor de hora/trabalho é dos Sindicatos dos Profissionais, que podem, através de dissídio coletivo ou de acordo com o Sindicato Patronal, estabelecer tais valores.