Dia do Profissional de Educação Física recorda conquistas e desafios enfrentados pela Profissão

A Educação Física segue pari passu simultaneamente à evolução cultural dos povos em interação com os sistemas políticos, sociais, econômicos e científicos da sociedade. Como uma área do conhecimento caracterizada pela organização de um corpo de conhecimentos específicos, necessário para lhe dar identidade e legitimidade acadêmica, somente a tempos modernos iniciou-se um intenso debate para a sua definitiva aceitação.

Quanto ao aspecto da sua regulamentação como profissão, após anos de luta de muitos abnegados, ocorrido em razão da Lei nº 9696, promulgada no dia 1º de Setembro de 1998, ficou estabelecida esta data como o “Dia do Profissional de Educação Física”, considerado como todo aquele que, registrado no Conselho da Classe, planeja, orienta e executa trabalhos e projetos de Atividades Físicas e Desportivas na área formal e não formal.
O Profissional de Educação Física habilitado é determinante para que as Atividades Físicas e Desportivas sejam executadas de forma correta e alcancem seus objetivos, sejam estéticos, de saúde ou lazer.

Atualmente mais de 30 mil Profissionais de Educação Física do Estado de Minas Gerais exercem a Profissão, registrados no Conselho Regional de Educação Física da 6ª Região Minas Gerais – CREF6/MG, o qual orienta e fiscaliza a Profissão com o objetivo de proporcionar um ganho qualitativo para o mercado de trabalho, atendendo às necessidades e interesses das pessoas e oferecendo à sociedade profissionais capacitados.

Profissão em ascensão
Existem, hoje, no Brasil, cerca de 1200 cursos de Educação Física, sendo 130 localizados em Minas Gerais, segundo Estado com maior número de ofertas.

No Sistema Único de Seleção Unificada – SISU do Governo Federal, no 1º semestre deste ano, o Curso de Educação Física foi um dos cinco mais procurados, precedido apenas pelos cursos de Administração, Pedagogia, Direito e Medicina.

A grande procura pela formação acadêmico-profissional em Educação Física pode ser explicada pela atual demanda da sociedade por hábitos mais saudáveis, caracterizados pela vida ativa, seja em busca da estética ou por uma melhor qualidade de vida.

Orientação e Fiscalização
O Registro de Pessoa Jurídica junto ao CREF6/MG é imprescindível para o funcionamento das Academias e estabelecimentos prestadores de serviços nas áreas esportivas, de atividades físicas e similares e o de Pessoa Física para a atuação Profissional. O Registro confere aos clientes e praticantes de Atividades Físicas e Desportivas que o Estabelecimento funciona em boas condições e o Profissional é habilitado para orientá-los, enaltecendo a afirmação de que “a boa orientação faz a diferença”.

Por isso, o CREF6/MG possui um Programa que, no ano passado, percorreu os 853 municípios do Estado levando informação e orientação com o intuito de inibir o exercício ilegal da Profissão. São realizadas Palestras em Instituições de Ensino, postos de atendimento itinerante, distribuição de cartilhas e kits de orientação, além de vistorias em Academias, Clubes, Praças e demais espaços que ofereçam a prática de Atividades Físicas e Desportivas orientadas.

Somente no ano passado, foram realizadas mais de 3000 visitas aos estabelecimentos prestadores de serviço da área localizados nos Municípios mineiros, mais de 2800 Profissionais de Educação Física foram fiscalizados e mais de 800 pessoas foram autuadas por exercerem a Profissão sem Registro no Conselho.