Manoel José Gomes Tubino

Opúsculo em Homenagem ao Prof. Dr. Tubino.

Manoel José Gomes Tubino, um homem eterno pela sua obra

Formação Acadêmica
Manoel Tubino iniciou sua formação acadêmica com o Bacharelado em Ciências Navais pela Escola Naval, em 1960, tornando-se oficial da Marinha. Posteriormente, em 1976, adquiriu os títulos de Mestre em Educação Física na área de Administração Educacional, pela UFRJ, e, em 1982, Doutor em Educação Física pela Universidade Livre de Bruxelas. Seu segundo doutorado, em Educação na área de Planejamento e Administração Educacional, foi cursado na Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ – em 1988. Neste mesmo ano, Tubino tornou-se Livre-Docente na Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ.

Funções que exercia
Manoel Tubino era Presidente da FIEP – Féderation Internationale dEducation Physique -, cadeira que ocupou em 2000 e na qual permaneceria até 2012, e editor do FIEP Bulletin. Exercia, ainda, importantes funções em outros cargos de abrangência internacional: Membro do Conselho Diretor da Association Internationale des Ecoles Superieures dEducation, AIESEP, na função de Director Board Member; Board Member no ICSSPE, International Council for Sport Science and Physical Education; Board Member no ICSP, International Council for Sport Pedagogy; Membro do juri do Prêmio Prince Faisal, promovido pela Arab Sports Confederation – ASC – e pela FIEP.

Dentre seus cargos em âmbito nacional estavam: Professor do PPGEF da Universidade Castelo Branco e da UNISUAM; Professor de Programa de Mestrado em Motricidade Humana e coordenador do LABESPORTE (Laboratório de Estudos do Esporte) na Universidade Castelo Branco, no Rio de Janeiro; Professor do MBA – Administração Esportiva; e Pesquisador do CNPq pela Função Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

Manoel Tubino foi, também, acadêmico da Academia Brasileira de Ciências Sociais; Membro do Comitê Assessor Multidisciplinar de Saúde, com mandato até 2005; Pesquisador I-A, Pesquisa em desenvolvimento: “A perspectiva das práticas esportivas na busca de uma Cultura de Paz na era da complexidade” (vigência: 01/03/2002 a 28/02/2005), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, e do Conselheiro Federal do CONFEF.

Tubino possuía uma vasta experiência em administração universitária, passando por muitas instituições de renome. Na Universidade Veiga de Almeida, UVA, exerceu as funções de Diretor do Instituto de Ciências da Saúde, ICS, e de Coordenador de Pós-graduação. Na Universidade Gama Filho, UGF, foi Vice-Diretor de Departamento, de 1975 a 1976; Diretor de Departamento, de 1976 a 1981; Decano de Ciências Humanas, de 1981 a 1992 e Vice-Reitor Acadêmico, de 1992 a 1998. Pela Escola de Educação Física de Volta Redonda, foi Diretor de 1970 a 1975.

Na carreira pública, Manoel Tubino passou por importantes instituições do esporte brasileiro. No Ministério da Educação, foi Presidente do Conselho Nacional de Desportos, CND, entre 1985 e 1990, e Secretário de Educação Física e Desportos, de 1989 a 1990. No Ministério de Esportes e Turismo, fez uma ligeira passagem pela presidência, de janeiro a outubro de 1999.

Participação em bancas examinadoras de Universidades
A trajetória acadêmia de Manoel Tubino inclui a participação em bancas examinadoras universidades no exterior: Universidade do Porto e na Universidade Técnica de Lisboa, em Portugal; e no Brasil, USP, UNICAMP, UFRJ, UERJ, UGF, UFF, PUC/RS, UNIFESP, UNESA, UCB e UNIFOA.

Países em que apresentou trabalhos – Conferência, Comunicações e Cursos
Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, EUA, Finlândia, França, Inglaterra, Itália, Marrocos, México, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, República Dominicana, Suíça, Uruguai e Venezuela.

Produção Científica
Manoel José Gomes Tubino foi um homem extremamente ativo em sua contribuição para a produção de conhecimento científico. É autor de 20 livros publicados, escreveu mais de 300 artigos, separatas e resumos, e, além disso, proferiu mais de 600 conferências.

Seu último livro publicado é o Dicionário Enciclopédico Tubino do Esporte, com Fábio Mazeron Tubino e Fernando Antonio Cardoso Garrido, o qual possui 6240 Termos, Conceitos e Verbetes. O livro possui 992 página e foi publicado pela Editora Senac.