O fortalecimento do sistema imunológico é essencial para equilíbrio emocional, físico, mental e social do ser humano. A manutenção de hábitos saudáveis, como praticar atividade física corretamente, adotar uma alimentação equilibrada e manter a higiene do sono são aliados fundamentais do sistema imunológico.

No atual momento de enfrentamento da COVID-19, o fortalecimento do sistema imunológico é necessário, sendo a atividade física, corretamente orientada, uma importante aliada para se alcançar este objetivo.

Por isto, ser acompanhado por um Profissional de Educação Física bem qualificado faz a diferença. São os profissionais dessa categoria que irão avaliar e elaborar planos de treinamento eficientes e eficazes para cada pessoa. Em outras palavras, planos de treinamento de acordo com os objetivos e as restrições de cada pessoa.

Tome nota:

O exercício físico atua como um modulador do sistema imune ao estruturar progressivamente a resposta fisiológica, consequentemente, torna o sistema capaz de minimizar possíveis danos. Durante a prática de atividade física regular e com exercícios físicos com intensidade, dosagem e frequência correta, células do sistema imunológico são liberadas, levando ao melhor controle da resposta inflamatória.

Lembre-se: em caso de pessoas que apresentam comorbidades, a imunidade fortalecida pode minimizar as complicações graves associadas à COVID-19.

Benefícios a serem alcançados com a prática da atividade física em tempos de pandemia:

Diminuição da incidência de sintomas frente a ocorrência de infecções virais;

Redução dos hormônios do estresse;

Diminuição dos sintomas de ansiedade e depressão;

Redução e controle da adiposidade corporal;

Controle da diabetes tipo 2, da resistência à insulina, da pressão arterial, das dislipidemias;

Fortalecimento da saúde óssea;

Estímulo à cognição.

Sugestões de leitura:

Diretrizes da OMS para atividade física e comportamento sedentário

Revista Educação Física, nº 74, 2020 – Conselho Federal de Educação Física

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO