Novembro Azul – Para fazer sua Atividade Física qualquer hora é hora. Mas para se prevenir a hora é agora!

A campanha Novembro Azul é realizada no Brasil desde 2008, no mês em que acontece o Dia Mundial de Enfrentamento do Câncer de Próstata, em 17 de novembro, e o Dia Internacional do Homem, celebrado no dia 19 de novembro. Sendo assim, a campanha serve para conscientizar e estimular a prevenção do câncer de próstata. Além de alertar os homens para que cuidem da Saúde.

É hora de se cuidar!

Uma pesquisa realizada pela Coordenação Nacional de Saúde do Homem, em parceria com a com a Ouvidoria do SUS, que entrevistou mais de 7.500 homens, de todo o país, revelou que:

– Mais de 1/3 dos homens não tem o hábito de ir ao estabelecimento de Saúde para se cuidar e a metade diz buscar só quando precisa;

– Quase metade dos homens que disseram não procurar os serviços de saúde relataram que o principal motivo é não precisar;

– Aproximadamente um terço dos homens nunca recebeu orientação sobre planejamento familiar.

O resultado da busca tardia pelos serviços de Saúde faz com que os homens vivam, em média, sete anos a menos que as mulheres – a expectativa de vida deles é de 71 anos e das mulheres, 78.

Portanto, é um desafio para o Ministério e outras organizações de Saúde incentivar que os homens se cuidem e busquem sempre informação e métodos de prevenção de doenças.

Fonte: Ministério da Saúde

Câncer de Próstata

Dados do Instituto Nacional do Câncer – Inca preveem 68.220 casos de Câncer de Próstata no Brasil em 2018, sendo o tipo de Câncer mais incidente nos homens.

Sintomas: Na fase inicial, os pacientes podem não apresentar sintoma.  Na fase avançada, a doença pode provocar dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência, presença de sangue na urina e/ou no sêmen. Os principais fatores de risco são histórico familiar de Câncer de Próstata (pai, irmão e tio) e obesidade.

Prevenção: Diagnóstico precoce. Homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou a partir dos 50 anos sem os fatores, devem ir ao médico para receber a devida orientação sobre os exames de prevenção.

Câncer de Testículo

Sintomas: Nódulo duro, geralmente indolor, aproximadamente do tamanho de uma ervilha. Mas deve-se ficar atento a outras alterações, como aumento ou diminuição no tamanho dos testículos, nódulos ou endurecimentos, dor imprecisa na parte baixa do abdômen, sangue na urina e aumento ou sensibilidade dos mamilos.

Prevenção: Recomenda-se o autoexame mensal dos testículos. Caso sejam observadas alterações, o médico, de preferência um urologista, deve ser consultado.

Câncer de Pênis

Sintomas: Ferida ou úlcera persistente, ou também uma tumoração localizada na glande, prepúcio ou corpo do pênis. A presença de um desses sinais, associados a uma secreção branca, pode ser uma indicação de Câncer no pênis. Nestes casos, é necessário consultar um especialista. Além da tumoração no pênis, a presença de gânglios inguinais (ínguas na virilha), pode ser sinal de progressão da doença.

Prevenção: Limpeza diária com água e sabão. É fundamental ensinar às crianças desde cedo os hábitos de higiene íntima, que devem ser praticados todos os dias. Quando detectado inicialmente, o Câncer de Pênis possui tratamento e é facilmente curado. É importante, ao fazer a higiene íntima, realizar o autoexame do pênis.

Fonte: SES/MG

                                                                      

Prevenir é o melhor remédio                    

É aconselhável a visita rotineira ao médico para que ele possa avaliar a Saúde, solicitar exames e identificar precocemente possíveis doenças que possam agredir o organismo do homem.

  • Adotar uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras e cereais;
  • Evitar carne vermelha e gorduras saturadas;
  • Praticar Atividade Física regularmente e de forma orientada.

São fundamentais para ter um tratamento positivo, aumento das chances de cura e qualidade de vida!